Envia o teu numero de telefone e ano escolar para aecamoes@gmail.com e entra na Rede da AE. Participa connosco e ajuda-nos a melhorar o Camoes.

domingo, 22 de novembro de 2009

Intervenção no Centenário do Camões



A Lista X preocupa-se realmente com os alunos, e visa melhorar a escola contando com a participação de todos: desde que a lista se formou que é esta a nossa linha orientadora e o nosso objectivo. Mas isto não é apenas uma promessa, é uma realidade. Desde a formação da lista já muitos alunos se juntaram a nós, incluindo uma das representantes da lista no primeiro debate, que está no 10º ano e ingressou no projecto muito depois de este ter começado, sem conhecer ninguém da X.
Por outro lado existem vários membros da lista que já lutam pelos direitos dos alunos e pela melhoria da nossa escola há alguns anos, mesmo sem pertencerem à associação de estudantes. Não sendo o único, o Pedro Feijó é um deles, e é este o motivo pelo qual publicamos o vídeo do seu discurso nas comemorações do centenário do Lyceu, enquanto representante dos alunos no Conselho Pedagógico (já postamos sobre este órgão e sobre o Conselho Geral).
A Lista X não só promete actuar em função dos alunos e para melhorar a escola, como já o tem feito!

Na terça-feira, vota com consciência!

Marta Lima, 12ºC

18 comentários:

Fjó disse...

Não me faz sentido escrever um post sobre isto, mas queria dizer que…

Lamento que algumas pessoas tenham interpretado o papel distribuído na sexta como um acto imoral de ataque pessoal desesperado. A meu ver, não é disso que se trata.
Quis apenas demonstrar o meu ponto de vista relativamente ao activismo estudantil português e ao que se passa no Camões, comparando as duas listas candidatas.

Trata-se apenas de uma opinião e de críticas que me parecem justas, e não de falácias argumentativas ou ataques pessoais.
Queria também fazer um apelo à participação de todos no debate.. o que pelo menos em parte resultou :)

Fiquem bem e boas decisões ;)

Anónimo disse...

se te deixasse de sonhos e pusesses os pes bem assentes na terra...e um pouco mais de formalidade! Afinal estas perante o presidente da republica oh oh oh

simaraoptor disse...

'porreiro, pá', a verdadeira demonstração de formalidade por parte do primeiro ministro....
Se soubessem falar sem adormecer pessoas, isso seria formalidade.
Sim, porque formalidade não é balbuciar palvras escritas num papel, perguntem ao tão adorado Obama

Anónimo disse...

Já viste bem o que escreves-te? falar sem adormecer as pessoas, balbuciar palavras escritas num papel... amigo estamos a falar da realidade, achas que um primeiro ministro ou um presidente da republica podem falar da mesma forma que tu falas com os teus colegas? Mesmo que não gostes deles, estás no teu direito, tens que respeitá-los, o presidente da repulica é um dos simbolos do nosso país, não é nenhum colega teu... espero que percebas isso, para teu bem, mas podes ir sempre viver para uma ilha no meio do pacifico assim já não tens que respeitar ninguém..

Anónimo disse...

Já viste bem o que escreves-te? falar sem adormecer as pessoas, balbuciar palavras escritas num papel... amigo estamos a falar da realidade, achas que um primeiro ministro ou um presidente da republica podem falar da mesma forma que tu falas com os teus colegas? Mesmo que não gostes deles, estás no teu direito, tens que respeitá-los, o presidente da repulica é um dos simbolos do nosso país, não é nenhum colega teu... espero que percebas isso, para teu bem, mas podes ir sempre viver para uma ilha no meio do pacifico assim já não tens que respeitar ninguém..

Ana disse...

De facto é verdade. O PR é um dos símbolos do nosso país. Não deixa por isso de ser um homem como os outros. Respeitemo-lo, sim, mas como respeitaríamos qualquer outra pessoa.
Plus, não vi em que é que o Pedro possa ter-lhe faltado ao respeito.

MRTLN. disse...

Desde o inicio da divulgação das listas que sempre apoiei a lista X, por isso agora é dificil para mim perceber se estou ou não a ser justa para a lista opositora á lista X.
Sou caloira e é verdade que não estou a par de tudo o que acontece á minha volta, mas quem está?
Tal como o Pedro Alves Feijó considero-me uma sonhadora. Confesso que tenho uma forma muito poética de ver a vida e por isso nem sempre estou certa. Estranhamente uma coisa que á partida eu acharia insignificante é uma das minhas maiores certezas nos dias que correm e essa certeza é EU QUERO VOTAR X.

MRTLN. disse...

Uma das coisas que me perturba um pouco é o facto de, a meu ver, o objectivo principl estar a perder-se. Reconheço que ambas as listas são muito fortes, mas não exploram totalmente as suas capacidades. É uma pena, tendo em conta o seu potencial.
Esforço-me para tentar perceber se tudo o que a lista C diz é verdade, pois tenho tido alguma dificuldade. Não os julgo, nem os critico, em relação á C sinto-me ignorante. E isso faz-me partir para outro ponto que é a disponibilidade e a atenção oferecidas aos alunos da parte das listas. Confesso ter receio do produto fnal após uma conversa sobre um qualquer assunto com a lista C. Este meu receio agravou-se, não só pela fama que a lista C transporta e que eu tento ignorar pois as fontes não são seguras, mas também pelo facto de me ter chegado aos ouvidos que uma rapariga que aparentemente nada fez senão distribuir aos alunos a tal folha com o comentário do Feijó, ao passar por um grupo onde se encontravam os membros da lista C foi alvejada com uma bola de papel (o mesmo papel que continha o comentário).
Agora expliquem-me:
o Pedro não tem moral para tornar p´blica a sua opinião face ao que absolveu sobre as duas listas (independentemente de fazer parte da lista X ou não), mas os da lista C têm o direito de atormentar alunos (e pelo que soube a rapariga nem sequer fazia parte da lista) e culpabiliza-los pelos acontecimentos ocorridos durante o periodo que precede as eleições, é isso? Gostaria mesmo muito que alguém me explicasse o porquê desta atitude perante a rapariga.
Outra coisa que me incomoda um pouco é a incoerencia do voto de alguns alunos, ou deverei dizer alunas? Tenho ouvido vários comentários como 'vou votar X porque o Pedro Feijó é giro' sei que isto já tem sido feito, mas apelo mais uma vez ao voto com consciência..
Há demaasiados tópicos, deslizes e cenas do género ainda por falar. Peço a todos que não tornem isto tão pessoal, já ouvi alguns comentários quanto a questões pessoais de elementos de ambas as listas nada agradáveis (ponham-se no lugar do pessoal envolvido), tentem também ser menos agressivos. Acho que já têm idade suficiente para perceber o minimo de civismo.

Deixo aqui também alguns conselhos:
lista X, pelo que vi nos dois debates deixam-se levar pela pressão e isso leva-vos a nem sempre dizerem o que é mais acertado. Agora não há muito a fazer, mas não deixem que o facto de serem insultados ou de insinuarem coisas a vosso respeito prejudique toda uma lista.

lista C, tomem cuidado com o que fazem. Se eu estivesse no lugar da rapariga apresentaria queixa contra voces. Acredito que a vossa lista é melhor que a lista X mas não o demonstram e talvez só os que estao por dentro percebem o valor que têm, a influencia que têm sobre os alunos foi muito mal empregue, na minha opinião fecham-se muito e acho que o vosso objectivo é ter um spot, isolarem-se e delimitarem uma fronteira para vos distinguirem dos alunos comuns.
Estive a pesquisar e um dos directores de turma disse-me que a rapariga foi vitima de bulling e qualquer um pode apresentar queixa punindo posteriormente os culpados. Vou pensar seriamente em não vos denunciar (: .
Agora a sério, pensem seriamente no que querem fazer quando se propõem a presidentes da a.e. porque a escola quer evoluir. Caso este não seja o vosso objectivo mudem de escola ou simplesmente não tentem sabotar esta tentativa de evolução. Eu gostaria imenso de daqui a uns anos poder dizer com orgulho que fui aluna do Camões e a lista C está a afastar-me desse sonho. Posso estar enganada, quem sabe?

Mais uma vez voltei a criticar a lista C, peço desculpa mas tudo o que disse é verdade. Quis não dizer mal da C, mas entusiasmei-me e acabou por acontecer. Apesar de tudo admiro a vossa lista, contudo não é o suficiente para conquistarem o meu voto.

Pedro Feijó - Triplicar para o tiplo? Muito bom, mesmo :D. Cada vez que a C batia palmas, tecia comentários ou qualquer outra coisa do género eu ficava cada vez mais revoltada, mas não consegui conter um riso inocente face a este teu deslize. Estás de parabéns (:

simaraoptor disse...

Bem, se não devem falar como eu falo com os colegas da escola, também não deviam falar como o meu avô quando a minha avó morreu.
Os grandes lideres mundiais, tanto de extrema esquerda (Lenine, Estaline), extrema direita (Hitler), o grande líder actual (Obama) até os grandes gregos que ensinaram a arte do discurso, obrigam a que não seja lido, dito, balbuciado. Uma multidão só é movida e liderada pela emotividade. O objectivo de um discurso escrito não é ser lido, mas guiar quem discursa através dos temas principais para que não se perca. E mesmo que seja lido, não é da forma como o nosso presidente o lê. Maya Angelo leu um poema seu de três páginas sem nunca se tornar aborrecida ou balbuciante! D. João primeiro não conduziu um revolução a ler palavras de um papel. Salgueiro Maia não olhava para um bloco de notas. Desculpa que te diga, mas olha para quem fez alguma coisa na história e aprende, porque a tua ideia de discurso é muito engraçada para um menino de terceira classe mas qualquer pessoa que se digne a estudar minimamente as artes discursivas descobre que estás a dizer uma terrível barbaridade! Digo-te mais, não sei em que ano estás...Se estás no décimo para o ano falarás de técnicas discursivas em português, se estás mais avançado, não sei que raio estás a fazer na escola, deve mesmo ser só andar a falar com os coleguinhas.
Com um pouco de esforço podes também descobrir que há vários registos de linguagem e comportamento. Uma atitude de espontaneidade não exige calão ou coloquialidade. Infelizmente, quem nunca se deu ao trabalho de aprender tende a pensar que um discurso é para ser lido para aborrecer e um debate deve ser uma apresentação de ideias, e não um debate. Procura no dicionário...

By the way 'escreveste' é uma forma do pretérito perfeito e não um verbo com pronome reflexo, isso sim foi uma barbaridade.

simaraoptor disse...

Além disso, eu respeito quem merece respeito, respeito pessoas que se matam por ideais, pessoas coerentes com o que dizem, pessoas que se privam daquilo que têm. Não admiro líderes de um país que há vinte anos que recebe milhares de euros por parte da União Europeia semanalmente e ninguém os vê devidamente aplicados.
Pah, é muito engraçado isso de respeitar o Senhor Presidente Aníbal Cavaco Silva, mas meu amigo, ele não é um símbolo nacional. O Camões é um símbolo nacional. O Vasco da Gama. D. Pedro I. D. João V. Até mesmo o próprio Viriato. Pessoas do 25 de Abril, que arriscaram tudo pela liberdade!! Salgueiro Maia, General Spínola.
Agora peço eu...Vivemos num país que tem uma história repleta de gente ilustre, altruísta, corajosa, que são símbolos nacionais, símbolos de luta, e pedes-me que me resigne com políticas com as quais não concordo?
Quando os Filipes reinaram em Portugal, quem ficou na história não foram os cobardes que lhes lamberam as botas, foram os que lutaram pela independência! Terça-feira da semana que vem vais ficar na tua casinha sossegadito porque houve quem lutasse contra aquilo que merece ser combatido. Gente que soube desrespeitar regras sociais e sujeitar-se a coisas muito piores que umas queixas de um anónimo qualquer, para trazer justiça ao seu País, ou ao microcosmos no qual se encontrava. Devias pensar nisto.

E por falar em Filipes...
Acho que todos sabemos o fim da ''Armada Invencível''...

DSB disse...

O Cavaco nao é um simbolo nacional? és portugues ao menos?

simaraoptor disse...

Sou, e por isso respeito os verdadeiros simbolos nacionais! Os que deram a vida por mim! Os que escreveram por mim! Os que me deixaram na memória eterna do mundo!!o Cavaco fez o quê para ser um simbolo nacional? A verdade é que muitas das pessoas que acima referi ficarão nas memórias 'ad eternum' e daqui a 40 anos, tirando especialistas, ninguém vai querer saber do Cavaco Silva. Se queres ser nacionalista, muito bem, ao menos sê nacionalista como deve de ser...Respeitar o Cavaco Silva nos milhões de personagens inacreditavelmente únicas do nosso país é sinal de falta de cultura.
Quem não conhece mais ninguém, conhece o presidente que aparece na TV.
Esperemos que não haja gente a considerar a cinha jardim um simbolo de orgulho nacional..Mas aparentemente, quando se troca Camões por Cavaco Silva...já esteve mais longe.

simaraoptor disse...

Bem, és tu português?
Amas mais o Cavaco que o Camões?
Amas mais o Cavaco que o Vasco da Gama?
Amas mais o Cavaco que o Diogo Cão?
Amas mais o Cavaco que o Saramago?

Pois, imagino que quem não tenha relações diplomáticas com Portugal nao saiba quem é o Cavacomas o Saramago encontra-se traduzido para espanhol, inglês, alemão, até japonês, salvo erro.
'O Camões escreveu a maior epopeia do renascimento? O D. Dinis foi um notável rei e poeta? Quero lá saber! Viva o Cavacoooo!'
A sério...Informa-te sobre a NOSSA história, e aprende quem foram os homens que fizeram com que este país sem grandes hipóteses, graças ao seu tamanho, se tornasse um marco da história mundial!

Será que adoras o Cavaco por questões partidárias? Ou será mesmo só ignorância que te impede de adorar alguém que não apareça na televisão???

Ao menos ainda vai sendo presidente.
Por este andar passamos todos a adorar a Cinha Jardim como símbolo nacional...

Sr. Banana disse...

Boa, DSB! Depois de tudo o que o simaraoptor disse, o que há a reter é exactamente isso: "O Cavaco nao é um simbolo nacional? és portugues ao menos?" Way to go, dude!
Tu tinhas mesmo de dizer alguma coisa, não era?

André Portas disse...

O Cavaco e nosso presidente, eleito pelo povo, podes ou nao considerar um simbolo nacional, isso depende do teu ponto de vista politico, mas nunca te esqueças que ele nao foi eleito por 100% da populaçao...

Nao me parece justo no entanto criticarem o discurso do Feijo, que fala de temas bem serios que devem ser tomados em conta e que mais ninguem teve coragem de abordar publicamente e muito menos em frente as entidades que estavam presentes. Dou os meus parabens ao Feijo pelo magnifico discurso que me emocionou e que demonstra uma vontade de lutar e defender os seus ideais que se ve em pouca gente.

Se querem fazer criticas ao menos nao sejam cobardes e dem a cara, em vez de comentarem com um perfil anonimo.

PS: Nao acentuo as palavras porque o meu teclado e estupido e mete dois acentos de cada vez.

Andre Portas

E'du. disse...

Só espero q as pessoas tenham tido cabeça e q a X ganhe! :D
Um 'C' no Camoes já existe. Com a X ficamos com algo bem melhor e radicalmente novo e isso é q falta. :D
X!

DSB disse...

Ó meu amigo, la estas tu a distrocer o que eu disse. Eu nao disse que o Cavaco era mais importante do que esses todos. Só acho ridiculo tu nao achares o Cavaco uma figura, um simbolo nacional. É o "Boss" do teu país e por muito que nao gostes tens que mostrar respeito e ter noçao da importância da pessoa. Noçoes basicas meu amigo.

E para ti Sr. Banana, o nick deve de se adequar á tua personalidade ;)

Anónimo disse...

Que faria o sr anónimo se fosse falar à frente do presidente da república? Mascarava-se com uma gravatinha? falava com palavras difíceis? balbuciava o discurso feito pelo pai? ou sujava as boxers com medo? É fácil falar sr anónimo. Fazer é mais difícil. E não se esqueça que quando não se é jovem, irreverente e sonhador aos 18 anos, normalmente não se cresce muito bem.
alice, professora.
(desculpem ter deixado um comentário sendo professora, mas realmente adolescentes com discurso demasiado institucional e reverente como o sr anónimo tiram-me do sério)